Como criar um texto desagradável para ser apresentado e tirar o foco do palestrante

Incrível: uma estudante de direito do Rio de Janeiro, agora, em julho de 2012, procurou o meu curso de oratória para perder a timidez, e fez o seguinte comentário: “Eu sou muito criativa, quando tenho que apresentar um trabalho na faculdade, crio temas bem maçantes e textos desconexos, para as pessoas ficarem desligadas nas minhas apresentações, e, com isso desvio o foco, e todos ficam loucos para se verem livres da minha exposição que chega a dar sono na plateia”. Perguntei: “Isso não é uma covardia?”.

Ela respondeu que é uma forma de mascarar a sua fobia social para enfrentar situações de exposição em público.

Fiquei perplexo com essa novidade: a pessoa ser criativa para se destruir, é inacreditável. Tenho 44 anos de pesquisa nesta área da comunicação oral e sempre aparecem pessoas com uma novidade no meu curso de oratória e argumentação sob pressão.

Imagine você ficar bolando uma apresentação que desvia o foco do palestrante porque ela é muito fraca, alterando negativamente o conteúdo da mesma, e o pior é você ter consciência que tem a capacidade de realizar uma apresentação brilhante, mas como o medo é enorme para enfrentar plateias, você se torna um homem/mulher-bomba, que coloca explosivos no seu cérebro para destruir a sua capacidade intelectual e até profissional para alimentar essa fobia social, o pânico de exposição para pequenos e grandes grupos.


Tratamentos presenciais e online para todo o Brasil e Exterior.

Unidades e Contatos:

WhatsApp (21) 97273-2041

Rio de Janeiro – RJ:

Copacabana e Barra

(21) 2236-5223

São Paulo – SP: Jardins

(11) 4063-6460  / 4063-4735

Brasília – DF: SHS

(61) 4063-6352  / 4063-6392

Email: simon@boasfalas.com.br


Fique atualizado, inscreva-se:

                                              


Para informações, nos envie uma mensagem de contato.
Não se esqueça de detalhar quais são as suas dificuldades de comunicação: voz, fala, timidez, etc..

Nome*

E-mail*

( DDD ) + Telefone*

Cidade*

UF*

Assunto

Descreva as suas dificuldades

Clique em enviar e aguarde o nosso contato