Voz Afeminada

voz-afeminada

Tratamento de Homens com Voz Afeminada

Na minha clinica, vários pacientes do sexo masculino recorrem ao meu método para correção da voz afeminada. Como eu já disse em outro texo, é muito triste quando encontramos homens sendo confundidos com o sexo oposto, principalmente ao telefone, quando são chamados de “senhora” e mantêm a conversa até o final, sem condições de inverter essa posição.

Alguns são homossexuais assumidos, que não querem dar bandeira com a voz afeminada e com os trejeitos coorporais. Eles procuram realizar a terapia para disfarçarem o máximo possivel a preferência sexual, porque realmente a sociedade ainda descrimina bastante os homossexuais.

Também sou requisitado por homens que não são homossexuais mas desmunhecam bastante deixando as pessoas em dúvida da sexualidade deles. Estes coitados sofrem muito na sociedade,inclusive para se relacionarem com o sexo oposto, os familiares das namoradas fazem uma pressão tremenda desconfiando que o pobre coitado é gay.

Será que existe algum culpado para um ser humano ficar desta forma com características homossexuais e até femininas? Lógico que sim. Quantos pais, tios, avós despreparados para educarem uma criança: uns mimam excessivamente, outros reprimem colocando uma barbaridade de regras idiotas, tornando um filho um robô, quantos chegam perto de uma criança e acham que tem que falar fino e com tatibitati.

Eu vou mostrar alguns vídeos de homens que apresentavam este problema da voz mais feminina e que consegui alterá-las.

O primeiro que é o Flavio,que tinha uma voz bem fina devido a um mimo excessivo tanto do pai quanto da mãe,e em pouco tempo altero a colocação da sua voz e ele passa a falar normalmente.

Será que este problema tem solução? ou é melhor assumir de vez a homossexualidade ?

Pela minha experiência, desde 1968, nesta área, é bem mais fácil neutralizar qualquer forma que deixe dúvidas sobre a sexualidade dos seres humanos, a sociedade é cruel, eles só vivem discriminando tudo que é considerado fora do normal.

Só para vocês terem uma noção de como o tema é vasto, sou procurado por transsexuais que fizeram a cirurgia, criando uma vagina no lugar do pênis, tomaram altas doses de hormônio feminino, operaram as cordas vocais para ficar com a voz feminina. Só que deu tudo errado: a voz continua grave, e eles ficam deprimidos porque sonham em se transformarem numa mulher, mas isso não ocorre.

Recentemente, ligou uma mulher que estava realizando várias cirurgias para se tranformar num homem. A primeira era a retirada dos seios. Também tomou muito hormônio masculino, mas a pobre coitada tinha uma voz muito fina e bem feminina. Mais uma que foi enganada pelos médicos.

Eu comentei com ela eu poderia colocar a sua voz no tom mais grave. Mulheres com a voz muito grossa que são confundidas com homens, ou até são taxadas de “sapatões”, também recorrem aos meus serviços para suavisarem o grave das suas vozes.

O pior disso tudo é que as pessoas tentam algumas terapias e até cirurgias desnecessárias, e o resultado é insignificante.

Eu sofro uma pressão muito grande por contestar o tempo todo algumas técnicas utilizadas, que são muito ultrapassadas. As pessoas insistem em relaxamentos, excesso de exercícios respiratórios, cirurgias introduzindo botox, silicone nas cordas vocais, que muitas vezes prejudicam muito a parte orgânica do paciente. Mas eu prometo que não vou me calar: como cientista, não posso me acomodar e ficar dizendo amem para essas barberagens que vêm parar nas minhas mãos, para tentar resolver, depois do dano vocal causado.

O meu método é bem objetivo: vou ditreto no posicionamento correto da voz, o paciente adquire um material audiovisual para exercitar em casa e até no carro, para fixar a técnica, e, depois, ele passa a frequentar as aulas de oratória em grupo para treinar a fala na emoção e perder a inibição. O carro chefe é a argumentação sob pressão.

O importante para quem tem este problema da voz afeminada é falar mais grave e afirmativo.

Valores, Horários, Endereços – Ver Mais [+]