Tags

Publicações Semelhantes

Compartilhar

Simon desbloqueia a comunicação de Kayky Brito

É muito comum as pessoas concluírem que os atores são comunicadores exemplares, vozeirão, dicção perfeita, desinibição total, mas isso só ocorre quando eles estão atuando nas novelas, nos filmes ou no teatro.

Vários no seu dia a dia tem sérias dificuldades na voz, na fala e na timidez. Alguns são totalmente gagos, outros tem a voz rouca.

Quando o ator Kayky Brito recorreu ao meu curso de fonoaudiologia e oratória, comentou que era muito tímido, a voz era fraca e às vezes travava em algumas palavras.

Vocês devem estar curiosos, como pode este fato ocorrer? Quantas novelas vocês assistiram com o Kayky dando um show de interpretação, a última ele fez papel de uma mulher.

Quando o Kayky iniciou o tratamento, alterei a colocaçãop da sua voz para os tons graves e exigi que ele articulasse bem os fonemas, além de pressioná-lo nas aulas de oratória com a porradaterapia e a argumentação sob pressão (assista porradaterapia e History Channel).

Logo a seguir, ele participou do programa Criança Esperança atendendo as ligações das doações, uma telespectadora não acreditou que era o Kayky, pois a sua voz estava muito grossa.

O Kayky é irmão da brilhante Atriz Sthefany Brito.

Lembro do ator Antonio Fagundes recebendo o Troféu Imprensa nas mãos do apresentador Silvio Santos, e como é de costume, Silvio ficou o entrevistando e após 3 minutos, Fagundes ficou tenso e comentou que atuando ele não tem timidez, mas falando de improviso nas entrevistas ficava mais tímido. O Silvio Ficou perplexo.

Alguns locutores quando estão no microfone falam fluentemente , mas no dia a dia são totalmente gagos.

O cantor Nelson Gonçalves falava rápido (taquilalia) e gaguejava em alguns momentos. Realizei uma entrevista no programa do querido ex comunicador Haroldo de Andrade na Rádio Globo.

Analisando a fala do Nelson, orientei-o para colocar a voz falada no mesmo tom da voz que utilizava no canto, a qual era bem mais grave e a experiência deu certo. Ele falando nos tons graves a sua fala não apresentava a gagueira. No meu site, no link “gagueira”, comento sobre este tema e mostro vários vídeos de cura da gagueira.

Finalizando, vários atores recorreram ao meu curso para alterarem a colocação da voz e desinibirem, é corriqueiro ensaiarem os personagens com a minha orientação e até me procuram para perderem o sotaque, o meu objetivo é deixar bem neutro, mas tem momentos que eles tem que interpretam personagens com sotaques regionais, nordeste, sul, etc, aí o treinamento é o inverso.

No Site tem o vídeo da atriz Adelita Del Sent que apresentava a voz fina, com um sotaque bem forte de Santa Catarina e entortava a boca, assistem o antes e depois, a última imagem e a entrevista dela no Programa do Jô comentando sobre a peça de teatro “O Amante do Meu Marido”, onde ela fazia o papel da empregada fofoqueira.

Uma orientação para os futuros atores, antes de abraçarem a carreira, invistam na preparação corrigindo a voz, a fala e a timidez.