Tags

Publicações Semelhantes

Compartilhar

ENGENHEIRO ELIMINA A GAGUEIRA COM PORRADATERAPIA DE SIMON

Vocês devem estar curiosos que método maluco é esse, que cura gagueira com porradaterapia.

Quando iniciei a minha pesquisa no campo da Fonoaudiologia e a oratória em 1968 fui um visionário, percebi que com o advento da informática o mundo sofreria uma catarse na velocidade e na praticidade de realizar tarefas profissionais e sociais.

Aquele personagem antigo do bonzinho e bem comportadinho iria sumir do cenário empresarial.

Quando no início de 1970 eu colocava as pessoas batendo boca nas minhas aulas de oratória e argumentação sob pressão, todos afirmavam que jamais as pessoas atuariam daquela forma.

Em 1980 quando surgiu a dinâmica de Grupo na empresas, na contratação de novos funcionários, os psicólogos passaram a pressionar com testes bem provocativos, para avaliar a segurança psicológica dos candidatos, testando muito a desinibição dos mesmos, deste momento em diante a procura pelo meu curso para o treinamento de falar em público sob pressão, aumentou muito.

Outro item que dou enfase no curso é a correção dos problemas da voz e da fala, através do método que criei na área da fonoaudiologia, atualizando sistemas ultrapassados que eram utilizados nas terapias tradicionais.

A sacada principal que dei, foi que não adiantava eu ficar tratando o paciente só individualmente, pois quando ele estava no seu dia a dia enfrentando situações de exposição e pressão o problema na fala se agravava, por este motivo uni as duas partes, consultas de fonoaudiologia no início, treinamento com o material audiovisual em casa e no carro e a frequência constante nas aulas de oratória e argumentação sob pressão(porradaterapia) para fixar a técnica na emoção.

O engenheiro de automação Carlos Roberto Melo Neiva Nunes que estou apresentando a cura da sua gagueira, iniciou o tratamento através do SKYPE, onde realizo consultas e cursos online em qualquer canto do mundo, após prosseguiu o tratamento na filial de Brasília, onde eu revezo com a minha filha Laila, que também é fonoaudiólogo e bem descontraída igual ao pai, em 2014 o engenheiro mudou-se para São Paulo e passou a participar do curso nesta filial, além de gago ele era muito tímido, como vocês podem observar a mudança da sua comunicação oral é espantosa, lógico que não é fácil para quem tem estas dificuldades na comunicação oral enfrentar a porradaterapia, mas com o tempo as pessoas ficam desinibidas e falando muito bem, o fator principal de sucesso é após o término da carga horária a liberdade do participante frequentar o curso eternamente, para uma manutenção constante sem custos adicionais (leia o link, o clube do Simon cura timidez).