Gabriel – Menino de 5 anos

No vídeo do Gabriel, um menino de 5 anos de que tratei, dá para perceber que a sua voz estava muito infantilizada, ele sofria bullying no colégio, sendo tachado de bicha, mulherzinha, etc. Ele chegava em casa chorando todo dia. Detectei que os pais tinham a mania de falar bem fino perto dele, alegaram que ele era um filho temporão, a irmã tinha 14 anos e ele 5 anos, lógico que dei um esporro nos dois e eles pararam com o mimo e já na primeira consulta alterei a voz do Gabriel.

Gabriel, na época, tinha cinco anos de idade e sofria uma pressão muito grande de seus colegas que ficavam chamando-o de mulherzinha, bicha, etc. Ele chegava em casa muito triste com essa gozação, devido a sua voz fina. A sua mãe e seu pai tentaram algumas terapias tradicionais de fonoaudióloga, mas sem resultado algum, na última, numa clinica de uma faculdade ele já estava oito meses em tratamento.

Os pais assistiram uma entrevista que realizei na televisão e foram ao meu encontro, já na primeira consulta percebi que o pai e a mãe tinham a mania de falar fino perto do Gabriel, porque ele era um filho temporão, pois a sua irmã já estava com 14 anos de idade e ele era tratado como se fosse um bonequinho nas mãos dos pais e da irmã, inclusive ele comenta este fato durante a consulta que aparece no vídeo.

O meu trabalho foi orientar os pais que não agissem mais desta forma. Já no primeiro dia mudei a sua voz colocando-a mais grave, ele levou o material dos Cds para treinar em casa e nunca mais falou fino.